Terapias

Acupuntura
(Sistêmica e Auricular)

A Acupuntura é uma técnica da Medicina Tradicional Chinesa, iniciada na China há aproximadamente 5.000 anos. Embora seja uma terapia energética relativamente nova no Ocidente, os seus benefícios têm sido registrados e comprovados ao redor do mundo, verificando-se a sua eficácia nos mais variados tipos de tratamento.

É uma técnica que consiste no estímulo de determinados pontos (localizados nos meridianos ou em zonas reflexas) com a inserção de agulhas ou outro recurso apropriado de estímulo no corpo (Acupuntura Sistêmica) ou na orelha (Acupuntura Auricular) com objetivo de desbloquear a energia, prevenindo ou tratando as enfermidades físicas e psíquicas. É um procedimento indolor e que promove um grande bem-estar, à medida que corpo e mente vão se harmonizando.

Saiba Mais

Na China Antiga

Os pacientes eram submetidos exclusivamente à Acupuntura e aos compostos fitoterápicos, sendo que muitas vezes objetivavam a prevenção das doenças.

Portanto, quem se submetesse a sessões de Acupuntura, por exemplo, não deveria adoecer, pois o organismo ficaria fortalecido e imune aos desequilíbrios. Atualmente, a Acupuntura é indicada para combater ou prevenir todos os tipos de doenças, sendo também extremamente indicada para todos os quadros clínicos de dor.

Existem muitas técnicas modernas de estimulação dos pontos, podendo-se utilizar agulhas descartáveis, sementes ou esferas, magnetos, aparelhos eletrônicos (como Eletro-acupuntura e Acupuntura Eletromagnética -esta pode substituir a aplicação local de mais de 300 agulhas). O interessante desta técnica é que pode ser aplicada conjuntamente a outros tipos de tratamento, como por exemplo da Medicina convencional (que ministram medicamentos alopáticos).

Neste caso, a Acupuntura é capaz de potencializar os efeitos destas drogas, sendo muitas vezes necessário diminuí-las ou até mesmo suspendê-las, caso os pontos de Acupuntura estejam conseguindo fazer o organismo reagir adequadamente. Porém, quanto menos intoxicado estiver o organismo, melhor e mais rapidamente a Acupuntura é capaz de agir. Se existe então a possibilidade de um paciente realizar uma desintoxicação alimentar, sem depender de drogas alopáticas, um passo fundamental para o sucesso do tratamento foi alcançado.

A Medicina Chinesa é predominantemente Psicossomática, portanto, para cada desequilíbrio físico há um correspondente psíquico que precisa ser trabalhado, e vice-versa. Como exemplo deste mecanismo de auto-reação, podemos citar os Tratamentos Anti-Stress e de Obesidade. Nestes casos, a Acupuntura funciona como um importante impulsionador de mudanças fundamentais pelas quais o organismo precisa passar para se reequilibrar. Funcionando como ativadores do funcionamento interno (corpo-mente), os pontos estimulados enviam mensagens precisas para todos os sistemas (nervoso, glandular, digestivo, etc), regulando tanto a parte orgânica (fisiológica) como a parte psíquica (mente e emoções). Sendo assim, a mente se torna mais serena (quando está agitada, em um alto nível de estresse), a ansiedade diminui, o corpo melhora as suas reações químicas e o aproveitamento dos nutrientes (absorção e assimilação), sendo o organismo reequilibrado em sua totalidade.

Portanto, a Acupuntura representa um avanço muito acentuado em termos de tratamento e prevenção das doenças. Quando orientado por um profissional qualificado, o paciente é capaz de aprender a utilizar os seus mecanismos naturais de auto-equilíbrio (homeostase), conseguindo resultados mais concretos e duradouros.